O Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo é responsável pelo curso de graduação, modalidade licenciatura e modalidade bacharelado. O Departamento é também responsável pelos Programas de Pós-Graduação em História Econômica e História Social. Atualmente o corpo docente é composto por 51 professores do quadro ativo, todos em regime de dedicação exclusiva, 18 docentes aposentados que atuam nos programas de pós-graduação, 13 docentes seniores, habilitados a ministrar cursos na graduação e na pós-graduação. Existem cerca de 1.500 alunos de graduação, 478 alunos de pós-graduação e 14 funcionários. O curso de História começou a funcionar quando da criação da primeira Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras em 1934, em conjunto com o curso de Geografia, sendo o mais antigo curso de história do país. Em 1955 a subseção conjunta História e Geografia foi desmembrada criando dois cursos separados e em 1968 a Faculdade recebeu o nome atual, no âmbito da reforma universitária que se iniciou naquele momento.

     Nosso curso destaca-se na formação de docentes para o ensino fundamental, médio e superior, público e privado, é relevante também na formação de pesquisadores para atuação em museus, arquivos, bibliotecas, centros de cultura e de patrimônio histórico, públicos (municipais, estaduais e federais) e privados. Os formados têm tido cada vez maior participação em diferentes áreas de atuação, como em veículos de comunicação de massa, tanto na mídia impressa (casas editoriais, revistas especializadas, jornalismo especializado) como na mídia visual. O curso de História da USP é responsável também pelo mais antigo periódico acadêmico na área, a Revista de História da USP, fundada em 1950 – atualmente A1 na avaliação Qualis Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES, e totalmente disponível online por meio do sistema Scielo. 

     A partir dos primeiros anos do século XXI o Departamento de História ampliou seus núcleos de pesquisa e laboratórios, a fim de dinamizar a articulação entre ensino, pesquisa e extensão, envolvendo alunos de graduação, pós-graduação e profissionais da área, consolidando novos laboratórios e grupos de pesquisa. Tais grupo são abrigados em projetos de diversas ordens, que têm propiciado o desenvolvimento de reflexão crítica, troca de experiências e interlocução entre os diversos níveis de formação acadêmica e entre profissionais de diferentes áreas de atuação. Tais espaços têm favorecido a articulação entre teoria e prática, estimulando a participação de graduandos em programas de Iniciação Científica, com ou sem bolsa de auxílio financeiro, e em projetos de produção de material didático para o ensino fundamental e médio, derivados do contato direto com professores da rede estadual e municipal em oficinas de  ensino  de  História, em estágios supervisionados e em diversas atividades acadêmicas de pesquisa e extensão.